WhatsApp Image 2020 09 04 at 18.16.35

Após denúncia anônima de abate bovino clandestino e com requintes de crueldade, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Ceará (CRMV-CE) realizou, no final da tarde desta sexta-feira (04/09), batida de fiscalização no município de Morrinhos. No local, foi averiguado   morte de bois de forma completamente irregular, que eram amarrados no meio de via pública e mortos com machadadas, sendo posteriormente vendidos nos comércios da região.


Para realizar a ação, o CRMV-CE recorreu ao Ministério Público solicitando ao Promotor daquele município que designasse policiais para acompanhar a atividade. “No local, foi verificado um verdadeiro absurdo. Os animais amarrados no poste são mortos através de uma machadada na testa e, em seguida, são sangrados em plena rua. Depois, são tratados em cima de um papelão, com uma grande quantidade de cães ao lado, que lambem a carne que será consumida por humanos, submetendo à população a inúmeras doenças”, declarou Célio Pires Garcia, presidente do CRMV-CE.


Os Fiscais do órgão médico-veterinário e policiais militares ficaram em campana para averiguar o abatedouro clandestino no final da tarde, quando foi constatado o abate de forma irregular, sem prezar pelos princípios básicos sanitários e de forma “desumana” contra os animais. 

2DF1E4ED 4C5A 49EC BF45 15ABA094F49D
De acordo com Felipe Dourado, Assessor Técnico de Fiscalização do CRMV-CE, foi verificado, ainda, restos de carcaça bovina no espaço e visualizado que o local é completamente inóspito para aquela prática, além de não contar com autorização para realização desse tipo de procedimento, sem a presença de médico-veterinário para fazer inspeção da carne e verificar as condições do abate humanitário dos bovinos, 
“Nós entraremos com uma ação civil e criminal contra as pessoas que realizam o abate em via pública e o Prefeito da Cidade, pois é um absurdo submeter à população ao consumo desse tipo de carne que traz grandes riscos à saúde da população”, ressaltou o Presidente do CRMV-CE, lembrando da importância da realização de denúncias.


A carne citada, posteriormente, é fornecida através dos frigoríficos do município, sem nenhum procedimento para manutenção de sua qualidade. Vale salientar que o consumo de carne clandestinas e em situações de abate como essa trazem grandes riscos à saúde humana. É papel do Médico-veterinário prezar pelo bem-estar e saúde humana e animal.


Como realizar denúncias

Durante o período de pandemia, denúncias podem ser realizadas através do e-mail fiscalizacao@crmv-ce.org.br .

Artigos relacionados
Qualificação profissional e os desafios que surgem aos médicos veterinários em decorrência dos novos tempos fazem parte das preocupações do Conselho Federal de ...
Continue lendo...
Lorem Ipsum é simplesmente uma simulação de texto...Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed fermentum pharetra luctus. Nullam sed ultrices ...
Continue lendo...
  O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou um novo regulamento técnico sobre os procedimentos de fabricação e emprego de produto...
Continue lendo...