CRMV CE ENCONTRO ASININOS

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Ceará (CRMV-CE) realizou nos 10 e 11 desse mês encontro para dialogar sobre a necessidade de melhorias para o bem-estar animal de asininos (jumentos) no estado. Entre convidados estiveram pesquisadores de renome nacional e internacional, presidentes do CFMV e CRMVs, além de gestores de uma das maiores instituições de ajuda a esses animais.

Contando com o maior rebanho de jumentos do mundo, o Ceará apresenta desafios a serem vencidos. A proliferação dos animais livres na natureza, com o crescimento da urbanização vem ocasionando problemas como o crescente número de acidentes de trânsito nas rodovias estaduais, aliados com o não condicionamento adequado de animais aprisionados, como explicou Célio Pires Garcia, presidente do CRMV-CE. “Estamos aqui discutindo um projeto internacional para o bem-estar do jumento nordestino. O objetivo é resolver o grande problema que nós temos no Ceará, que é o animal abandonado nas estradas. A Política Rodoviária do Ceará e o Detran são pioneiros na captura de animais na estrada, sendo capturados um número extremamente elevado de animais abandonados. Todos são colocados em um fazendo em Santa Quitéria, que nesse momento, reúne poucas opções técnicas. Queremos encontrar as opções ideias para criar esse animal e identificar uma viabilidade econômica, para que esse animal possa ser valorizado”, afirmou o gestor.

O Encontro ocorre após ser verificado pelo setor de Fiscalização do Conselho Estadual de Medicina Veterinária cearense a necessidade de melhorias nos tratamentos de animais aprisionados, a fim de promover o bem-estar adequado, como continuou Célio Pires. “Encontramos uma porção de necessidades que devem ser implantadas para que esse animal possa ter uma condição de vida melhor, como, por exemplo, o CRMV-CE sugeriu a disponibilização de divisórias nos currais, separação por sexo, faixa etária, animais sadios de doentes, pois quando há mistura dos animais, começam a ocorrer agressões e maus tratos, e com isso o sofrimento”, completou.

Buscando embasamento técnico e científico, foram convidados pesquisadores internacionais, nacionais e locais na área, que representaram instituição como a USP, UECE e INTA. Outro participante de renome mundial, foi a do representante da ONG The Donkey Sanctuary, Kevin Brown.

Dividido em dois momentos, o evento teve o primeiro dia marcado por apresentação e espaços de diálogos sobre ações, relatórios do CRMV-CE, projetos e realidade vivenciados pelos animais no estado, além de projetos de estudiosos na área, como o do Dr. Adroaldo José Zanella, que explicou a importância da compreensão do que acontece na realidade dos animais cearense, para que possam ser encontradas soluções científicas ideias. “ Pelo tamanho e condições dessa população de jumentos tem sido gerado um problema muito grande. Nossos trabalhos está estabelecendo uma força tarefa para entender qual a dimensão do problema, do abandono, onde estão presentes, local onde são capturados e estamos fazendo avaliações na fazenda Paulo Rodrigues, em Santa Quitéria, identificando como melhorar a infraestrutura, estabelecendo quarentena para os animais que chegam doente, formas de alimentar de forma correta”, declarou.

Durante o segundo dia do evento, foi realizada visita à Fazenda Paulo Rodrigues – Parque Padre Antônio Vieira de Proteção aos Jumentos do Ceará -, onde foi visualizado, in locus, a realidade vivida pelos jumentos, conquistas já alcançadas por indicações de melhorias e o que ainda deve ser implementado na propriedade.

João Carlos Macedo, gerente do núcleo de regionais do Detran Ceará, responsável pela Fazenda, felicitou a iniciativa dos diversos órgãos e estudiosos envolvidos. “ Estamos extremamente satisfeitos e agradecidos por todas instituições. O CRMV-CE tem se preocupado e somado com o Detran em busca da melhoria do bem-estar do jumento. Ficamos felizes em participar de projeto que vai trazer melhorias na vida desse animais, com envolvimento das universidades e instituições. É uma somatória para melhorar a vida desse animal tão sofrido”, atentou.

Kevin Brown, representante da ONG The Donkey Sanctuary, lembrou da intrínseca história do sertanejo com a do jumento, que no passado servia para locomoção e transporte de produtos e seres humanos, atentando que outra necessidade é resinificar o ideal do jumento dentro da sociedade, revalorizando-o. “Em alguns países da Europa e da África o jumento tem um valor social diferente daquele no Brasil, compreendendo o valor dentro da cadeia produtiva na utilização do leite animal, que não é alérgico e próximo ao leite materno em níveis nutricionais, tendo sua utilização para a nutrição, em produtos de origem do leite de jumento em cosmético, limpeza humana entre outros”, disse. Ainda na visita, Brown informou que a instituição do Reino Unido proverá recursos financeiros e capital intelectual para a promoção de melhorias na fazenda Paulo Rodrigues.

Acompanhando a visita, o presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Dr. Benedito Forte de Arruda, afirmou que a experiência cearense tem tudo para se tornar modelo a ser implementado no restante do Brasil. “Vejo com bons olhos a experiência cearense. A partir do momento que temos envolvimento de órgãos do governo, universidades, instituições privadas, todas elas envolvidas dentro desse processo. Para nós, o que importante é o bem-estar animal. Acredito que o estado do Ceará está avançando, assim como Rio Grande do Norte e, evidentemente, a perspectiva é poder dar solução para essa questão do jumento, não só do ponto de vista do bem-estar, mas do social, econômico, produtivo, fazendo com que toda a sociedade possa participar disso, onde todos possam ser beneficiados com esse trabalho”, explicou.

Após o encontro, será apresentado relatório com melhorias a serem aplicadas na Fazenda do Dentran-CE, além do suporte em conjunto do CRMV-CE, organizações de ensino, estudiosos e da The Donkey Santuary. A expectativa é construção de um plano de ação que vise o bem-estar do jumento nas mais diversas esferas.

Veja a galeria de fotos.

Artigos relacionados
Lorem Ipsum é simplesmente uma simulação de texto...Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed fermentum pharetra luctus. Nullam sed ultrices ...
Continue lendo...
No lugar de sacrificar os animais doentes com o uso de rifles, o Estado se comprometeu em usar processos químicos (matéria do Diário do NE desta quinta-feira (...
Continue lendo...
Aguardando conteúdo....
Continue lendo...